Mês da Mulher: 3 filmes sobre empreendedorismo feminino para você se inspirar


Se empreender e ter o próprio negócio no Brasil já não é uma tarefa fácil, imagine se destacar entre tantas ideias que aparecem a todo momento. Este é um cenário particularmente difícil para as mulheres, que ainda precisam de jornadas flexíveis para dar conta de tantas responsabilidades que são atribuídas a elas de forma desequilibrada.

Muitas acabam indo na direção de abrir o próprio negócio: no Brasil, são quase 30 milhões de empresárias, segundo levantamento da Rede Mulher Empreendedora. Metade delas começou a própria companhia por necessidade, ainda segundo o estudo, e 72% são total ou parcialmente independentes financeiramente.

”Tirar um sonho do papel exige que se ponha em prática habilidades de negociação e estratégia, além de demandar determinação e persistência para seguir adiante. Adquirir conhecimentos e ter referências inspiradoras também ajudam na caminhada, porque mostram que é possível realizar nossos desejos”, declara Bruna Havresko, CEO e fundadora da Modab, e-commerce de moda feminina criado por uma mulher para todas as mulheres.

Para inspirar e construir referências femininas de liderança e empreendedorismo, Bruna apostou em 3 filmes essenciais para quem deseja começar uma trajetória de sucesso. Confira:

Joy: o nome do sucesso

O filme estrelado por Jennifer Lawrence conta a história real da empreendedora Joy Mangano. Criativa desde a infância, Joy inventa o “miracle mop” e revoluciona o mercado de limpeza doméstica nos anos 1990. O roteiro mostra todo o processo de criação do produto, desde a concepção da ideia, quando ela ainda morava com o filho no porão da casa dos pais, até o momento em que consegue investimentos e distribuidores interessados em seu negócio, tornando-se uma empresária de sucesso. A história é, sem dúvida, uma fonte de inspiração para que mulheres empreendedoras tenham confiança em suas ideias e persistência nos negócios.

Julie & Julia

O filme se passa nos anos 80 e gira em torno da história de duas personagens, cujo os caminhos se cruzam ao decidirem transformar um hobby em um negócio, mesmo que quase ninguém acredite em suas habilidades.

Julia experimenta um prato que muda sua vida e faz com ela siga a carreira gastronômica no auge dos seus 40 anos. Alguns anos mais tarde, Julie se propõe um desafio: fazer os 500 pratos do livro de receitas de Julia e postar em seu blog pessoal, transformando-o em um negócio que muitas pessoas acompanham.

Mesmo sem se conhecerem, Julie e Julia trocam experiências e uma se torna o apoio da outra. O filme passa por tópicos importantes sobre acreditar em si mesma, ter autoconfiança e coragem para seguir os sonhos, e não ter medo de migrar de carreira, não importa quando.

Coco Antes de Chanel

A história do filme é baseada em fatos reais e conta a trajetória da estilista Coco Chanel, que criou uma das maiores e mais respeitadas grifes do mundo, retratando desde a sua infância pobre até os dias de sucesso. No mundo da moda, suas roupas inspiradas em peças masculinas trouxeram um ar de modernidade para as mulheres. Ela foi a primeira a criar calças compridas para o público feminino e também o famoso tailleur, um conjunto composto por casaco e saia ou calça, além de inserir o salto alto no cotidiano. Coco causou uma revolução por onde passou, e o filme mostra a sua história em busca de seus objetivos.

Sobre a Modab

Criada em 2013 e apresentada ao mercado em 2018, a partir da necessidade de sua fundadora, Bruna Havresko, que tinha dificuldades em encontrar o jeans perfeito. O e-commerce de moda feminina criado por uma mulher para todas as mulheres, defende as curvas e singularidades. Aliando tecnologia e conforto, traz em seu portfólio calças que vestem do 30 ao 56 e quatro opções de comprimento para as barras. Atualmente, o portfólio da empresa já conta com outros itens, como blusas e jaquetas, dos mais formais aos informais, para todos os estilos.

Fonte: Agência NoAr