Saiba como criar um e-commerce B2B


É fundamental para as organizações conhecer o conceito de e-commerce B2B, o comércio eletrônico de empresas que negociam com outras empresas.

Esse segmento tem ganhado muita força e esse modelo de comércio eletrônico para empresas que realizam transações entre si também apresenta diversas oportunidades de negócio, bem como outros formatos de vendas pela internet.

No entanto, por se tratar de uma tema relativamente novo, ainda são poucas as companhias preparadas para adotar o comércio eletrônico e todas as suas vantagens.

Com a leitura deste artigo você vai entender como funciona o e-commerce B2B, suas vantagens, além de aprender como criar o seu. Boa leitura.

A importância de um e-commerce B2B  

Com alguns números, certamente a importância do e-commerce B2B fique mais clara para você. A expectativa anual de crescimento no mercado global do e-commerce B2B é de 19,7% de acordo com o Grand View Research de 2022.

O mesmo estudo apontou que somente em 2021, esse mercado movimentou US$6.883,47 bilhões em todo o mundo. E não pense que essa foi só uma movimentação passageira ocorrida devido à pandemia de Covid-19 e pelo distanciamento social.

É crescente o número de empresas que vêm aderindo esse modelo, como uma empresa B2B de instalação hidráulica de aquecedor a gás. Também é crescente a quantidade de clientes que estão cada vez mais preferindo comprar online.

Como funciona o e-commerce B2B?

Quem realiza compras online, já pode dizer que tem uma boa noção de como funciona o e-commerce B2B. Para descrever de uma forma mais básica como é o funcionamento, devemos começar pelo princípio.

O primeiro passo é o desenvolvimento de uma plataforma de vendas online que deve ser mais que um catálogo virtual, devendo ser capaz de operacionalizar todas as etapas das vendas.

Assim o CNPJ que fará a compra primeiramente precisa fazer um cadastro da plataforma de e-commerce que poderá ser acessado posteriormente com login e senha.

A empresa que faz a venda de um produto, como desinfetante floral 5 litros, pode disponibilizar dois caminhos para o fechamento do negócio: 

O comprador pode fazer o pagamento dentro do site ou escolher as soluções que deseja adquirir e depois realiza o pagamento diretamente com o setor contábil.

Após esse fechamento basta acessar a plataforma e acompanhar o status do pedido, onde haverá informações sobre a entrega ou execução do pedido. Se você chegou até aqui mas ainda tem dúvidas sobre a diferença do mercado B2B e B2C, vamos deixar esse conceito claro.

B2B é sigla de Business to Business, compreendendo empresas que vendem para outras empresas.

B2C é a sigla para Business to Customer, se tratando das empresas que vendem para pessoas físicas, ou seja, o cliente final.

Para compreender melhor o assunto e conseguir criar o seu e-commerce B2B, é fundamental compreender essas diferenças.

Pois até mesmo a venda de fita crepe atacado ou de outros produtos nesse modelo vai demandar estratégias diferentes daquelas adotadas no varejo.

Quais as vantagens do e-commerce B2B?

O primeiro ponto é que o mercado B2B trabalha com escalas muito maiores que o B2C. O segundo ponto é nos atentarmos ao fato que o e-commerce permite alcançar territórios maiores, sem barreiras de horário ou geográficas, o que incrementa os resultados.

Esse contexto é apenas um primeiro aspecto das vantagens do e-commerce B2B, de forma que os benefícios também incluem:

  • Redução de custos com infraestrutura;
  • Maior volume de vendas;
  • Novas oportunidades de negócios;
  • Mais informações sobre a base de clientes;
  • Incremento da lucratividade;
  • Possibilidade de iniciar produção somente após a venda;
  • Ofertas personalizadas para cada cliente;
  • Mais competitividade.

E sua empresa de aluguel de gerador preço diária? Já pensou nas possibilidades que se abrem ao pensar em criar um e-commerce B2B?

Como criar um e-commerce B2B?

Agora que você entendeu melhor o que é o modelo B2B e quais são as vantagens de um e-commerce B2B, vamos ver os passos necessários para criar o seu.

Escolha de plataforma

Certamente o primeiro passo que você deve dar para implantar um e-commerce B2B, é tirar todas as suas dúvidas sobre o processo. Temos empresas especializadas na implantação desse tipo de plataforma que oferece segurança para clientes e contratantes.

Nesse processo de escolha da plataforma é muito recomendável que você converse com sua equipe sobre os pontos que interessem a você. O objetivo aqui é que você entenda o funcionamento prático do e-commerce e possa prosseguir para os próximos passos.

Processo de vendas

Depois de escolher a melhor plataforma para o seu negócio de simulador de escada academia valor, é chegada a hora de realizar algumas atividades internas, ou seja, entender exatamente como o seu processo de vendas está operando atualmente.

É o momento de pontuar gargalos, compreender os pontos fortes e diferenciais do seu negócio, mapear rotas, coletar feedbacks da equipe, entre outras ações.

Essas ações são aquelas necessárias para entender como implantar em e-commerce B2B e como fazer o melhor uso possível da plataforma conforme sua realidade.

Segmentos atendidos

Se você é um representante comercial ou uma empresa que atende diferentes segmentos, fique sabendo que não é obrigatório disponibilizar a ferramenta para todos eles.

Ainda que facilite o processo de vendas, alguns clientes vão preferir sempre a visita presencial, em especial os clientes menores.

Chamamos atenção para o fato de que você jamais deve se esquecer de acompanhar a jornada desses compradores.

Somente assim você será capaz de identificar problemas em potencial com antecedência, e consegue conquistar os melhores resultados com o e-commerce B2B de um serviço como máquinas de café para empresas.

Capacitação da equipe 

Após definir sua estratégia de segmentação dos clientes, treine sua equipe para fazê-lo, pois assim eles poderão oferecer o melhor atendimento possível aos compradores, um grande diferencial para quem deseja trabalhar online.

Aliás, empresas humanizadas (que oferecem um atendimento diferenciado com base no ser humano) conseguem fidelizar 240% mais seus clientes. Revise sua cultura organizacional e veja as possibilidades de se adaptar a essas tendências do mercado.

Necessidade de integração 

Seus softwares e sistemas, como um ERP, devem estar sempre integrados ao e-commerce B2B. Isso faz com que seja menos trabalhoso adotar uma nova ferramenta, de forma que você consiga reaproveitar todas as informações de clientes e produtos dentro dela.

Divulgação da plataforma

Quando tudo estiver organizado e devidamente personalizado para seu público-alvo, que podem ser empresas de esquadrias metálicas preço, chegou a hora de avisar os clientes da novidade.

Aposte em diferentes meios de comunicação para realizar essa divulgação. Redes sociais, e-mail e WhatsApp são alguns bons exemplos.

Por meio dessas plataformas de comunicação, seus clientes ficarão sabendo da novidade e poderão tirar suas dúvidas sobre seu uso.

Neste ponto,  a necessidade de treinamento se torna ainda mais urgente, pois sua equipe precisará estar a postos e sempre pronta para ajudar os compradores com seus questionamentos e dúvidas.

É preciso ter uma equipe empática com a dor do cliente, de forma a tornar o processo mais simples e passível de bons frutos.

Acompanhamento dos indicadores

Por último, vamos falar sobre os indicadores e métricas de vendas. É comum que algumas pessoas contratem uma ferramenta inovadora e automatizada como um e-commerce B2B, mas não explorem seu potencial por completo.

Baseie-se em indicadores e relatórios para a tomada de decisões com base em dados confiáveis. Alguns exemplos de indicadores importantes são:

  • Evolução de venda;
  • Conversão;
  • Quantidade/valor vendido de um produto ou categoria;
  • Valor diário em vendas de produtos;
  • Faturamento por vendedor.

Dessa forma, seu negócio de dutos de ventilação e exaustão B2B terá futuras decisões embasadas, sendo a base para manter os resultados crescendo exponencialmente.

Qual melhor plataforma para B2B?

A melhor opção para o e-commerce B2B certamente é uma plataforma corporativa all-in-one, que além da loja virtual integre também outras ferramentas, como:

  • CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente);
  • Análise de dados;
  • Service Desk (Gestão de Demandas);
  • BPM (Gestão de Processos de Negócios);
  • ECM (Gestão de Documentos).

Apostando em uma boa ferramenta, seu negócio consegue fazer a transformação digital ocorrer em todo o negócio, com processos mais inteligentes, com foco em gestão à vista e mais integrados.

Considerações finais

A quantidade de usuários do comércio eletrônico não pára de crescer e hoje já são mais de 3 bilhões de pessoas comprando pela internet.

Esse aumento crescente também pode ser aplicado à realidade das empresas também, de forma que o e-commerce B2B é um modelo que veio para ficar.

De acordo com um estudo da McKinsey&Company, após dois anos de pandemia a participação do mercado B2B do e-commerce em nosso país teve um aumento de 62%.

Essa fatia do mercado cresce, mostrando um longo caminho a se percorrer, afinal apenas 5% das indústrias brasileiras estão prontas para atuarem no cenário digital.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.